PUXÃO DE ORELHAS


12 de novembro de 2013 às 13:15



1º Post



O post é um senhor puxão de orelhas.
Vamos ler e refletir sobre ele?

De quem é responsabilidade de emagrecer?
Sua!

De quem é responsabilidade de fazer exercícios para ser saudável e manter o peso?
Sua!

A responsabilidade de ir ao supermercado ou preparar uma lista de compras de uma maneira saudável e inteligente favorecendo sua dieta e a saúde da sua família?
Sua!

Preparar um lanche ou mesmo uma refeição completa para levar ao trabalho para não ser pego de surpresa em dias agitados? Responda agora para você: quem é que deve fazer isso?
Você!

Quem é que coloca a comida na sua boca e a obriga a comer mesmo sem estar com fome?
Pois é, minha amiga e meu amigo, você é quem faz isso com você. 

Ou tem alguém que coloca uma arma na sua cabeça e obriga você a comer? 
Acredito que não tem, a única arma na sua cabeça são as desculpas que você inventa e fica atirando para todos os lados para sair bem nesta história.

Pois na verdade quem é que quer emagrecer?
Você! 
Não é seu cachorro, seu marido, sua esposa, seus filhos, pais, vizinhos, ou seja, quem quer emagrecer é você e a responsabilidade de fazer isso com você é sua. 

Ou vai dizer que de tanto comerem por você ou de deixarem pra amanhã a caminhada é que você acabou ganhando uns quilinhos a mais? 
Pois se foi isso que aconteceu, tudo bem está perdoado.

Nossa vida é feita de escolhas, boas e ruins, mas escolhas. 
E se você não escolher nada também escolheu alguma coisa, ou seja, nada. 
Se você não assumir a responsabilidade das suas escolhas não vai chegar onde quer.

Sinto muito em escrever isso aqui, mas alguém precisa ser seu amigo e esclarecer isso antes que seja tarde.

Claro que todos gostaríamos de dormir gordinhos e acordar magrinhos e mais: continuar fazendo tudo, ou melhor, fazendo nada para mudar isso, mas isso não vai acontecer; perceba isso!

Você vive reclamando que ninguém colabora com você, mas é você que não se dá o respeito, aí como é que você quer que alguém te respeite?


A dificuldade está onde a colocamos e ela é do tamanho que queremos que ela seja.

Resumidamente, a compulsão aparece por que você fica se privando tanto de uma coisa para comer ou para fazer em nome do emagrecimento e da crença que você tem na sua cabeça que emagrecer é duro e difícil e tem que passar fome para isso. 



Na verdade você não quer fazer o mínimo para emagrecer; aí, na frente das pessoas, fica o tempo inteiro falando de emagrecer e dando desculpas por não ter emagrecido ou pra poder comer sem controle. 


No dia seguinte passa a gelo e alface e se sente o mais injustiçado e por isso e acredita que já pode se liberar e comer a vontade. 

Com a privação e a avalanche de desculpas que inventa, mais o estresse que todos passamos no dia a dia você já sabe que não vai se controlar e vai comer pra valer mesmo. 
Resultado: culpa, depressão e abandono do projeto.

Estou escrevendo alguma besteira ou neste momento está passando um filme na sua cabeça em que você é o ator principal? Se está se vendo, ótimo, pois a sua história só você pode mudar!

Post de Érica Paschoal


Escrevo estas coisas pois sei que é assim que acontece, já passei  e passo ainda por tudo isso, e resolvi assumir e mudar o script deste filme, já que a historia 
é da minha vida.

Deixe o seu passado para trás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SUAS DÚVIDAS
RESPONDEREI A TODAS

Salvar /imprimir